segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Pais que mimam filhos estão criando geração de incapazes de lidar com frustração


Resultado de imagem


À mesa do restaurante, João faz manha exigindo o celular da mãe para se divertir durante o almoço. Maria se joga no chão da loja de brinquedos porque quer que o pai compre aquela boneca agora. E, sentado no sofá de casa, Pedro se irrita com os pais porque quer uma resposta urgente sobre poder ou não ir à festa dos amigos no sábado à noite. Todos eles, não importa a idade, têm algo em comum: vão se tornar adultos mimados, incapazes de lidar com as frustrações do mundo.
A culpa do destino dos três, João, Maria e Pedro, é do imediatismo que rege as relações atualmente. Temos, como pais, dito muitos “sim” para os filhos, quando, na verdade, o ideal seria dizer mais “não sei” ou “vou pensar”. Como explica a psicóloga e educadora Rosely Sayão, essa atitude traz como maior prejuízo uma alienação em relação à realidade.
— O adulto que tem o imediatismo cultivado, ao invés de controlado, tem dificuldade de compreender e se inserir no mundo.
Pressionados a responder às demandas dos filhos imediatamente, os pais acabam soltando respostas impensadas, e a consequência, na visão da coach de vida e carreira Ana Raia, é a criação de jovens pouco preparados para lidar com a vida.
Segundo ela, os pais, atualmente, não aguentam não ser imediatistas. Se no passado eles se permitiam deixar os filhos insatisfeitos por mais tempo, hoje atitudes como essa se transformaram em um dos maiores desafios na educação das crianças e jovens.
Ana acredita que a tecnologia colabore para o imediatismo a partir do momento em que, ao toque de um dedo na tela do celular, a resposta para qualquer pergunta ou busca de informação podem ser obtidas em pouquíssimos segundos.
— Não conseguimos sustentar uma dúvida por muito tempo, um incômodo. Não sabemos lidar com um mal-estar neste mundo onde a felicidade é imperativa.
E a dúvida, explica Rosely Sayão, é preciosa, assim como a espera e o pensamento, porque eles ajudam a criança a crescer e a amadurecer. Crianças que não têm momentos de “mente vazia”, por exemplo, poderão sofrer graves consequências na vida adulta.
Alguém que está sempre entretido terá para sempre a necessidade de entretenimento constante, alerta o médico Daniel Becker, criador do projeto Pediatria Integral. Segundo ele, para ser criativo, o cérebro humano precisa da criatividade.
— São necessários momentos em que ele está engajado com algo externo, e também momentos em que está ocioso, em estado de contemplação. Quando uma criança tem seu tempo completamente tomado com atividades como escola, inglês, natação, Facebook, Instagram, WhatsApp, ela fica incapacitada de ter importantes processos interiores.
Becker acrescenta que crianças que não interagem com seus pares ou com os adultos, porque passam o dia com eletrônicos na mão, terão menos inteligência emocional, menos empatia e menos capacidade de se comunicar com os outros quando crescerem.
Se este já não fosse um bom argumento, ainda haveria a opinião de outros especialistas, que enxergam o hábito dos pais de entregar celulares e tablets às crianças como algo benéfico apenas para os adultos.
Na opinião de Rosely Sayão, oferecer um eletrônico em momentos em que se espera que os filhos se socializem com a família e amigos não é um carinho, mas, sim, um comodismo.
— O celular e o tablet nestas situações têm a função do “cala a boca”, nada além disso.
Mas, então, o que fazer quando a conversa no restaurante está boa, mas os pequenos não param de dar chilique e pedir para ir embora? O pediatra Daniel Becker dá uma boa dica.
— As pessoas se esquecem que as crianças sabem conversar e que podem fazer pequenos contratos. Mesmo as menorzinhas têm essa capacidade de compreensão. Basta dizer ao filho que, nos momentos em que estiverem conversando em família, ele não terá o tablet, mas que, quando a mamãe e o papai estiverem falando só com seus amigos, ele poderá pegar o tablet emprestado por 15 minutos. Assim, se alcança um equilíbrio.
Soluções como esta são recursos para que os pais lidem não só com o imediatismo das crianças, como também o deles próprios, que pode, mesmo que de maneira não intencional, servir como exemplo negativo aos filhos, que acabam copiando as atitudes da família.
Para o pediatra presidente do Congresso Brasileiro de Urgências e Emergências Pediátricas, Hany Simon, a ansiedade e a angústia na adolescência e na vida adulta podem ser resultados do imediatismo paterno presenciado na infância. E, como reforça Rosely Sayão, viver de maneira urgente só traz impactos emocionais negativos nas crianças.
— Somos imediatistas desde que nascemos. Choramos para manifestar desconforto, somos atendidos e temos nossas necessidades básicas saciadas. Com isso, vem também uma sensação de prazer, que vamos desejar para sempre. No entanto, precisamos entender que não é o princípio do prazer que vai reger a nossa vida, e, sim, o princípio da realidade. O papel dos pais é, aos poucos, mostrar aos filhos a realidade do mundo.
TEXTO ORIGINAL DE R7.COM

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Effects



19/09
Exportar: olhar para onde está exportando e o nome do arquivo.
Ctrl + M: para renderizar

Format: H.264
Sumário: “cola”
1 – Source: é a configuração da sequência
2 – Saída: out put
Configuração inicial do vídeo

Para ajustar: Basic Video Setting > as informações têm que constar as configurações iniciais do vídeo.

Width

Bitrate: Para não quadricular no movimento


21/09
Title: o texto será visualizado onde estiver a agulha no background

Alinhamento: 1 para vários objetos

Para centralizar

No vídeo para incluir logo > > [v] Fill [v] Texture

É necessário criar um quadro antes

28/09
Créditos Automáticos
Para incluir a logo nos créditos: fazer um quadro e aplicar como textura

3D – Efeito: é necessário arrastar para time line do título ou logo

Para reflexo: Specular

Para trocar a cor da logo sólida em PNG

TINT> para colocar preto e branco ou bicolor

Clicar 2 vezes para juntar os espaços entre os vídeos

Curves: para equalizar as cores

Video Effects > > Generate


Edição de vídeo – Adobe Premiere

Por Tânia Rezende / Prof. Mizael Messias (you tube / super entendo)


1 - INTRODUÇÃO


Sopa de Letrinhas (conceitos):

Pixel: é o menor ponto que forma uma imagem digital, sendo que o conjunto de milhares de pixels formam a imagem inteira. Pix é a abreviatura em inglês para Pictures e numa tradução literal seria a aglutinação de Picture e Element, ou seja, elementos para compor uma imagem, sendo o menor elemento num dispositivo de exibição. O plural pose ser pixels ou píxeis.


Resultado de imagem para pixel



FPS: Frames por segundos (quadros por segundos). O padrão para You Tube são de 30 Fps.

Stop Motion:
(que poderia ser traduzido como “movimento parado”) é uma técnica que utiliza a disposição sequencial de fotografias diferentes de um mesmo objeto inanimado para simular o seu movimento. Estas fotografias são chamadas de quadros e normalmente são tiradas de um mesmo ponto, com o objeto sofrendo uma leve mudança de lugar, afinal é isso que dá a ideia de movimento. (TecMundo)

Tamanho – sempre em pixels

Resolução: 
Resolução define a qualidade do seu vídeo e é o que define em quantas vezes a imagem será fragmentada em cada direção, ou seja, a quantidade e o tamanho destes quadradinhos. Exemplo: resolução de 800 x 600 significa que a sua imagem será formada por 800 quadrados de largura e 600 de altura. Não é difícil deduzir que quanto menores forem estes quadrados melhor será a qualidade do desenho formado, ou seja, quanto maior a resolução melhor será a qualidade das imagens formadas em seu vídeo. (TecMundo)





Exitem várias outras mas aqui vamos trabalhar apenas com estas 2:

Full HD ......... 1.920 x 1080 pixels
HD .............. 1280 x 720 pixels

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

A APARÊNCIA DOS ALIMENTOS É IGUAL AOS ÓRGÃOS QUE ELES CURAM

1. Tomate faz bem pro coração
Como esta fruta (sim, o tomate é considerado uma fruta) é rica em potássio e ferro, sua importância está especialmente ligada com o coração e o sangue.
a aparência dos alimentos é igual aos órgãos2

2. Noz faz bem pro cérebro

As nozes são simétricas e possuem dobras iguaizinhas às do nosso cérebro. São ricas dos nutrientes que são mais importantes para o bom funcionamento cerebral.
a aparência dos alimentos é igual aos órgãos3

3. Aipo faz bem pros ossos

O aipo (ou salsão) garante ossos mais fortes pois possui 23% de sódio de boa qualidade. Os ossos possuem também 23% de sódio. Quando a dieta é baixa em sódio de boa qualidade (entenda-se “boa qualidade” como sódio não proveniente de sal refinado), o organismo começa pegar sódio dos ossos, o que deixa eles fracos.
a aparência dos alimentos é igual aos órgãos4

4. Abacate faz bem pro útero

Se toda mulher comesse, ao menos, um abacate por semana poderiam evitar doenças sérias. O abacate protege e equilibra os hormônios, evitando as chances de câncer de útero ou ovário. Também ajuda a perder peso depois da gravidez. Outra “coincidencia”? Leva também 9 meses desde o florescer da árvore até um abacate virar fruto.
a aparência dos alimentos é igual aos órgãos5

5. Batata-doce faz bem pro pâncreas

A batata-doce oferece benefícios ao pâncreas e equilibram o nível de açúcar no sangue.
a aparência dos alimentos é igual aos órgãos6


6. Cenoura faz bem pros olhos

A cenoura aumenta o fluxo sanguíneo em direção aos olhos e melhora o funcionamento dos mesmos.
a aparência dos alimentos é igual aos órgãos7
 7. Laranjas fazem bem pros seios
A laranja é capaz de prevenir o câncer e ajuda o movimento da linfa na mama.
a aparência dos alimentos é igual aos órgãos8

8. Gengibre faz bem pro estômago

O gengibre evita doenças no estômago e melhora a digestão graças às suas enzimas e evita câimbras fortes. Além disso, impede úlcera e mantém a mucosa em bom estado.
a aparência dos alimentos é igual aos órgãos9

9. Cogumelo faz bem pros ouvidos

O consumo de cogumelos pode prevenir a perda de audição, pois eles são um dos raros alimentos que contêm vitamina D, excelente para essa prevenção.
a aparência dos alimentos é igual aos órgãos10

10. Feijão faz bem pros rins

O feijão ajuda a manter as funções dos rins ativas e adequadas.
a aparência dos alimentos é igual aos órgãos11

___
Fonte: Yogui.co